Clique aqui para voltar à página inicialhttp://www.novomilenio.inf.br/santos/fotos142.htm
Última modificação em (mês/dia/ano/horário): 04/09/10 20:07:25
Clique na imagem para voltar à página principal
SANTOS DE ANTIGAMENTE
Expansão urbana, início do século XX (1)
Esta foto, obtida desde o Monte Serrate, no raiar do século XX, mostra todo o Centro santista, entre esse morro e o porto, tendo à esquerda a Rua Riachuelo e o arvoredo da Praça Mauá, seguindo-se também na vertical as ruas D. Pedro II, Itororó e Martim Afonso, seguindo-se à direita a Praça da República; ao fundo, a margem esquerda do Estuário:


Foto enviada a Novo Milênio por Ary O. Céllio, de Santos/SP

Neste detalhe da foto acima, a Praça Mauá e o porto (com a casa de compressores e sua chaminé), ao centro (na vertical) a Rua D. Pedro II e no canto esquerdo a inconfundível torre do Carmo, na Praça Barão do Rio Branco:


Foto enviada a Novo Milênio por Ary O. Céllio, de Santos/SP

Neste outro detalhe da primeira foto, à esquerda a torre do Carmo e toda a extensão da Praça da República, com a Alfândega Velha e o detalhe que permite datar a foto como sendo anterior a 1908: a torre da Igreja Matriz, ainda não demolida, pode ser vista à direita:


Foto enviada a Novo Milênio por Ary O. Céllio, de Santos/SP

Em foto batida do Monte Serrate, vê-se, em primeiro plano, a Vila Mathias, cortada pela larga Avenida Ana Costa, que liga à praia, então quase deserta. À esquerda, o sinuoso Caminho Velho da Barra, cortado pela reta Av. Cons. Nébias, alcança a praia. Divisa-se a entrada para o porto e, em último plano, a ilha de Santo Amaro (Guarujá):


Foto: livro Café - Santos & História
(vários autores, Editora Leopoldianum/Universidade Católica de Santos, Santos/SP, 1995)

Por volta de 1902/3, foi feita esta foto, de parte de Santos (bairros Centro e Paquetá) vista do Morro da Penha. Ao centro, a Praça dos Andradas, e no sopé do Monte Serrate, a Santa Casa e a Igreja São Francisco de Paula:


Foto: Guilherme Gaensly. Acervo: Arquivo do Estado de S.Paulo, S. Paulo/SP

No detalhe da imagem acima, a seguir, vê-se ao centro o arvoredo da Praça dos Andradas, tendo à direita a Cadeia Velha e na encosta do Monte Serrate as instalações da Santa Casa. No primeiro plano, o bairro do Saboó:


Foto: Guilherme Gaensly. Acervo: Arquivo do Estado de S.Paulo, S. Paulo/SP

Em outro detalhe da mesma foto, a entrada de Santos pelo então chamado Bairro Chinês, o Valongo. Ao centro, o prédio duplo da Câmara e Prefeitura, no Largo Marquês de Monte Alegre. Cortando o casario, em diagonal da direita para a esquerda, a Rua Visconde de São Leopoldo:


Foto: Guilherme Gaensly. Acervo: Arquivo do Estado de S.Paulo, S. Paulo/SP

Essa mesma foto originou este cartão postal, postado em 29/11/1907:


Imagem: acervo do professor e pesquisador santista Francisco Carballa

Este cartão postal da empresa brasileira Union Postale Universelle foi remetido para Paris em 7 de agosto de 1914:


Imagem: cartão postal negociado pelo site brasileiro de leilões Mercado Livre, em 2/4/2010

Neste cartão postal, uma vista geral do centro de Santos. O carimbo sobre o selo leva a data de 9 de fevereiro de 1914:


Foto: acervo do cartofilista Laire José Giraud, Santos/SP

Mostrando o bairro do Paquetá e, do outro lado do canal, o forte do Itapema, este cartão postal da Union Postale Universelle era, em 29 de maio de 1925, enviado a Lisboa por um passageiro do transatlântico Lutetia:


Imagem: acervo do professor e pesquisador santista Francisco Carballa

Por volta de 1925, foi produzido este cartão postal, destacando à esquerda o prédio da Western Telegraph e ao centro a torre da Bolsa do Café:


Imagem: acervo do professor e pesquisador santista Francisco Carballa

Leva para a página seguinte da série

QR Code - Clique na imagem para ampliá-la.

QR Code. Use.

Saiba mais